Haddad: Bolsonaro patrocinou com dinheiro sujo campanha para me atacar


Fernando Haddad, candidato à Presidência pelo PT, afirmou nesta quinta-feira 18 que vai denunciar à Justiça o envolvimento de empresários com a campanha de seu oponente Jair Bolsonaro (PSL). Reportagem do jornal Folha de S. Paulo afirma que empresas apoiadoras do ex-militar utilizaram bases de dados vendidas por agências para disparar mensagens contra a candidatura do petista via WhatsApp.
“Nós vamos levar ao conhecimento da Justiça todos os indícios que nos estão chegando, como reuniões de viva-voz pedindo apoio via WhatsApp. Ele próprio (Bolsonaro), em jantares com empresários, fez o pedido para que a doação fosse feita dessa maneira de forma ilegal”, afirmou Hadadd à imprensa.
Carta