terça-feira, 25 de dezembro de 2018


Flamengo não desiste de Bruno Henrique, mas avalia outros nomes




Após acertar com Bruno Henrique e ver o Santos impedir a saída do atacante, o Flamengo já busca outros nomes no mercado brasileiro. Apesar disso, a direção rubro-negra mantém a esperança em contratar o atacante de 27 anos, que atua pelo lado do ataque - prioridade nos reforços na Gávea para o próximo ano.

A diretoria do Flamengo e o empresário de Bruno Henrique já tinham acertado a transferência do jogador para a Gávea, com as bases salariais definidas, mas a chegada do técnico Jorge Sampaoli, recém-contratado pelo Santos, impediu a concretização do negócio. O chileno conta com o atacante e vetou sua saída, o que não agradou o agente, que manifestou sua insatisfação recentemente.

Neste cenário, o Flamengo mantém o contato por Bruno Henrique. O Rubro-Negro fez uma oferta superior a R$ 20 milhões e estava disposto a emprestar dois atletas ao Peixe. Pedido de Abel Braga, a chegada de um atacante de lado é prioridade para a direção de Rodolfo Landim, eleito presidente no dia 8.

O time da Gávea perdeu duas opções para 2019: Marlos Moreno e Geuvânio não tiveram seus empréstimos renovados e não defenderão o Flamengo no ano que vem. Vitinho e Berrío são os atacantes que atuam abertos, enquanto Everton Ribeiro deve ser centralizado pelo novo treinador do Rubro-Negro.

Além de atacantes, o Flamengo tem como prioridade as contratações de um zagueiro e um meio-campista, ao menos. Réver está acertado com o Atlético-MG e Juan irá se aposentar em abril. Já Lucas Paquetá foi vendido para o Milan.