segunda-feira, 21 de janeiro de 2019

Bolsonaro diz em Davos esperar que governo da Venezuela mude rápido



O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira (21) que espera que o governo da Venezuela mude rapidamente, indicando apoio à saída do presidente venezuelano, Nicolás Maduro, após uma reeleição não reconhecida pela comunidade internacional

"A Venezuela está com problemas não é de hoje, esperamos que rapidamente mude o governo da Venezuela", disse Bolsonaro a repórteres em entrevista ao chegar a hotel em Davos, na Suíça, onde participará do Fórum Econômico Mundial.

O Brasil e demais países da América Latina, assim como boa parte da comunidade internacional, não reconhecem o governo de Maduro, que assumiu um segundo mandato de seis anos em 10 de janeiro, considerando que sua reeleição em maio do ano passado não forneceu garantias para a participação da oposição.