terça-feira, 15 de janeiro de 2019

Filha mata pai envenenado no Hospital Giselda Trigueiro



Uma mulher matou o pai envenenado nesta terça-feira (15) dentro do Hospital Giselda Trigueiro. O homem que era portador de HIV, de acordo com informações passadas pela polícia, estava internado em estado grave.
Ainda segundo a PM, a suspeita disse ter envenenado o pai para diminuir o sofrimento dele e teria utilizado veneno para carrapatos.
O corpo foi recolhido pelo Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep-RN). A necrópsia e o exame toxicológico devem identificar as causas da morte.
A suspeita foi conduzida para a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que vai investigar o caso.
Portal no Ar