segunda-feira, 7 de janeiro de 2019

Mesmo com atuação da Força Nacional, Ceará vive novo dia de ataques


Mesmo com a atuação de 330 homens e vinte viaturas da Força Nacional de Segurança, o Ceará viveu no domingo mais um dia de tensão e violência, com o registro de 23 ataques criminosos, que começaram já durante a madrugada, com a morte de dois suspeitos de participação em ataques durante troca de tiros com a Polícia Militar.

No confronto, um PM ficou ferido na mão. De acordo com a polícia, o caso aconteceu após os suspeitos tentarem atear fogo em um posto de atendimento do Detran.
Estimativa do Ministério da Justiça aponta, no entanto, uma redução no número de casos após a atuação da força federal – de acordo com a pasta, foram 38 casos no sábado 5. Segundo a Secretaria de Segurança Pública do estado, 110 pessoas – 76 adultos e 34 adolescentes – já foram presas por envolvimento nos mais de 100 ataques já registrados desde quarta 2.
Veja