quinta-feira, 24 de outubro de 2019

ADVERSÁRIO SUPERIOR, RENOVAÇÃO DO GRUPO E FOCO NO BRASILEIRÃO: O QUE FOI DITO APÓS A DERROTA DO GRÊMIO PARA O FLAMENGO.


goleada por 5 a 0 sofrida para o Flamengo, no Maracanã, foi um duro golpe em um Grêmio que sonhava com o tetra da Libertadores. Depois do jogo, um sentimento único tomava conta de todos os gremistas, fossem eles torcedores, atletas, dirigentes ou até mesmo o treinador: tristeza. Ainda assim, todos destacaram o primeiro tempo eficiente feito pela equipe e a péssima segunda etapa.

Mesmo sem jogar bem, o jogo estava parelho no primeiro tempo. Todos os gols foram falhas nossas. Jogamos muito mal. Hoje (quarta-feira), uma mulher grávida faria gol no Grêmio. Demos todas as chances para o Flamengo. E o Flamengo soube aproveitar — lamentou o técnico Renato

O comandante gremista, assim como os poucos jogadores do time gaúcho que falaram com a imprensa, tratou de exaltar a força do adversário e lembrar que a equipe seguirá firme e forte no Campeonato Brasileiro, no qual o Grêmio buscará o G-4 ou, pelo menos, o G-6. 

Agora é levantar a cabeça. Vamos pensar no Brasileirão, porque no fim de semana temos jogo contra o Botafogo — tentou se esquivar Renato.

Nesta mesma linha, seguiu o lateral-direito Léo Moura, que completou 41 anos nesta quarta-feira (23) e relatou que desde o início da preparação para o jogo já sabia que não atuaria no Maracanã. Segundo ele, foi uma partida para apagar da memória:

 A gente tomou uns gols que não estamos acostumados, contra uma equipe que joga para cima. É um jogo para a gente esquecer. Agora temos o Brasileirão para colocar o time na Libertadores do ano que vem.

Gauchazh