terça-feira, 29 de outubro de 2019

MULHER FICOU QUASE 1H PRESA APÓS SER “ENGOLIDA” POR PORTÃO ELETRÔNICO

Nos últimos dias, o vídeo de uma mulher “sequestrada” pelo portão automático da garagem de uma casa ganhou a internet. As imagens mostram quando ela passava pelo local momento em que o portão começa a descer. Ela é atingida pela estrutura metálica e, que a “traga” para dentro da garagem da residência.
Se vendo presa, ela circula pelo cômodo até encontrar uma câmera de segurança e começa a gesticular em direção ao equipamento, sinalizando que levou uma pancada na cabeça e que não sabe o que fazer. Mas além dos incontáveis memes e brincadeiras sobre o caso, muita gente começou a se perguntar o que tinha acontecido depois.
O mistério foi esclarecido por Thaís Oliveira, filha da “vítima”. Depois de ver a repercussão do caso e a curiosidade de quem assistiu ao vídeo, Thaís fez, no Twitter, um relato bem completo sobre o episódio, que aconteceu no dia 4 de outubro em Goiânia.
“Ela ficou quase 1h [presa]. Ela subiu em uma pia, tinha uma mulher varrendo a calçada e ela ligou para os meus familiares. Na hora estava passando a polícia, porém eles não conseguiram fazer muita coisa. Por fim, conseguiram contatar o dono da casa”, explica Thaís, que também contou que mãe não sofreu nenhum ferimento.
“O que poucos sabem é que na casa tinham dois pitbulls presos. Quando o dono chegou, disse que eles adoram pular o cercado. Ela ficou muito assustada no dia, porque não tinha ninguém em casa, mas depois ficou calma. Hoje ela ri demais dessa história”, conta Thaís.
OP9