Eleições 2018: Bolsonaro diz que esperava mais de pesquisa em que aparece no primeiro lugar


O candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) disse que ficou satisfeito com o resultado da primeira pesquisa Ibope/Estado/TV Globo das eleições 2018, em que é o líder com 20% em cenário sem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Porém, afirmou que “esperava mais”. A seguir, vêm Marina Silva (Rede), com 12%, e Ciro Gomes (PDT), com 9%.
Em uma agência bancária em Botafogo, zona sul do Rio, onde abriu conta para receber dinheiro de campanha, Bolsonaro disse que o resultado significa que ele está “no caminho certo”, apesar de também ter afirmado que “não acredita muito em pesquisas”.
Porém, o candidato criticou o resultado da pesquisa em que é incluído Lula. Neste cenário, ele cai para a segunda colocação, com 18%, e o ex-presidente aparece em primeiro lugar, com 37%. Bolsonaro disse que é “um escracho” Lula aparecer nas pesquisas porque “ele está fora de combate”.
“O cenário com o Lula não existe. Vamos respeitar as leis. Está errado botar o Lula lá, ele está condenado em segunda instância. Me surpreende institutos de pesquisa fazerem pesquisa com o nome de um presidiário, condenado em segunda instância. Isso é um escracho”, criticou.
O deputado também justificou o fato da pesquisa ter divulgado que 28% das suas intenções de voto do eleitorado masculino. O número é mais que o dobro do índice alcançado pelo candidato a presidente do PSL entre as mulheres, que foi de 13%. Para ele, o público feminino “é o que mais se abstém”. “O público feminino não quer declarar voto. Eu vejo isso nas pesquisas”, disse o parlamentar.
Após esta declaração para a imprensa, Bolsonaro ficava repetindo “olha a minha rejeição entre as mulheres”, toda vez em que uma mulher lhe pedia para tirar foto, enquanto circulava pelo Botafogo Praia Shopping. Sobre a sua rejeição, Bolsonaro afirmou que “não vai inventar nada para ganhar simpatia de quem quer que seja”.
“A minha rejeição vem mais de quem vota no PT. O resultado da pesquisa era esperado. Estou tranquilo e vocês vão perder emprego político do primeiro pro segundo turno porque não vai ter”, disse aos jornalistas.
Blog BG

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.