Vereadora do PSL é presa com presentes e adesivos do Haddad

A vereadora Josefa Eliana da Silva Bezerra, do PSL, partido do presidenciável Jair Bolsonaro, foi presa em flagrante, no início da tarde deste domingo (28), em Santana do Ipanema – município a 206 km de Maceió, distribuindo lanches e brindes a eleitores com adesivos do candidato à Presidência da República, Fernando Haddad (PT), próximo a uma seção eleitoral do município.
Segundo o Ministério Público de Alagoas, Eliana da Silva Bezerra, mais conhecida como Eliana Fofa, estava distribuindo lanches e brindes a eleitores, nas proximidades do Colégio Laura Chagas. A prisão foi feita pelo promotor de Justiça Luiz Tenório, que após receber a denúncia, dirigiu-se ao local e constatou que a vereadora do partido de Bolsonaro estava com um veículo repleto de adesivos de Fernando Haddad. “Diante do flagrante, a vereadora foi encaminhada à delegacia da cidade”, informou o promotor, por meio de assessoria. Um inquérito foi instaurado para saber se a vereadora estava praticando suposta compra de votos.
A vereadora foi encaminhada à delegacia da cidade. Segundo o promotor, ainda não é possível emitir qualquer juízo de valor. Por isso, ele já pediu abertura de inquérito policial para saber se ela estava praticando o suposto crime de compra de votos sob orientação de alguém. “A instauração do inquérito já foi solicitada por ele, exatamente para que sejam apuradas as circunstâncias do ocorrido”, informou o órgão, por meio de assessoria.
Eliana da Silva Bezerra foi eleita com o número 17.888 e é filiada ao PSL, partido do candidato Jair Bolsonaro.