Filarmônica 03 de Dezembro - Lajes/RN 
NOTA OFICIAL
SOBRE O PROJETO DE LEI DA CÂMARA MUNICIPAL EM RELAÇÃO A MUDANÇA DO NOME DA BANDA

A Associação Comunitária Cultural Amigos da Casa de Cultura de Lajes – RN, vem através dessa nota trazer esclarecimentos a toda comunidade em relação ao nome dado a banda filarmônica, fruto do Projeto Bandas Filarmônicas da Juventude, do Programa RN Sustentável, a Filarmônica 03 de Dezembro.
Na manhã dessa terça-feira (12/11) a coordenação do projeto teve acesso através do Blog Foco Sertanejo (http://focosertanejo.blogspot.com/…/projetos-de-lei-do-vere…) a informação de que a Câmara Municipal de Lajes aprovou um projeto de lei do Vereador Manoel Quirino da Costa (Mael Querino), Presidente da Câmara, por unanimidade, onde muda o nome da Filarmônica 03 de Dezembro, para Orquestra Sinfônica Maestro Jacildo Rodrigues da Costa.
Em primeiro lugar informamos a toda comunidade que a Filarmônica 03 de Dezembro é um projeto da Associação Comunitária Cultural Amigos da Casa de Cultura de Lajes – RN, com a parceria e total apoio da Prefeitura Municipal de Lajes, através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura. Mas deixamos claro que todas as decisões tomadas sobre a filarmônica cabem aos membros da associação, e devem ser tomadas em assembleias. Com isso fica claro que não cabe a Câmara Municipal dispor sobre o nome do projeto.
Em segundo lugar a associação teve a preocupação em fazer um levantamento histórico que embasasse a escolha do nome, durante as sondagens tivemos acessos a documentos do Arquivo Municipal, com o valoroso auxilio do arquivador Raimundo Fernandes (Telson), nesses levantamentos tivemos dados importantes como a criação da primeira banda do município, a Filarmônica Municipal Coronel Miguel Teixeira, com data de 06 de Julho de 1953, criada pelo Prefeito Francisco de Oliveira Cabral, durante a pesquisa também vimos diversos decretos de nomeações de maestros, dentre eles o do Sr. Jacildo Rodrigues da Costa, no ano de 1959.
Diante dessas informações, além da colaboração de alguns populares que indicaram nomes de diversas personalidades da música lajense a associação decidiu pelo nome Filarmônica 03 de Dezembro, data importante para nossa cidade, a data de sua emancipação politica, e assim homenagear a todos que contribuíram nessa caminhada de 65 anos, desde da primeira banda até os dias de hoje.
Além de todo esse levantamento histórico, já justificado, o tipo de banda que temos não é uma orquestra sinfônica, como diz o projeto aprovado pela Câmara Municipal, a diferenças clássicas tanto na sua formação, quanto no conceito, onde uma orquestra sinfônica é formada por músicos profissionais e com remuneração, já uma filarmônica, como é o nosso caso, é uma reunião de músicos, através de uma associação, que compõem a banda de forma voluntária, sem remuneração, por amor a música e a cultura.
A Filarmônica 03 de Dezembro é um embrião, uma semente que começa a dar frutos, mas que existe um sonho maior, que Lajes possa em um futuro próximo ter uma escola de música com toda a estrutura e equipamentos apropriados, a partir da realização desse sonho poderemos homenagear diversos músicos com o nome da escola e de seus respectivos espaços e salas.
Em fim acreditamos que houve uma precipitação do nobre vereador Mael Querino, a partir do momento que o mesmo elaborou um projeto como esse sem consultar as pessoas envolvidas. Caso tivéssemos sido consultados teríamos esclarecido e evitado a tramitação do projeto.
Desde já parabenizamos a Câmara Municipal pela criação do Dia do Músico, dia 1º de Dezembro, e deixamos aberto o convite aos nobres vereadores para nos visitar e se possível também colaborar com o que realmente precisamos, como a doação de novos instrumentos, equipamentos, materiais de consumo, dentre outras maneiras de contribuir nosso projeto.
Lajes/RN, 12 de novembro de 2018.
Kleber Claudino de Lima
Presidente da Associação