A torcida brasileira pelo título inédito do PSG na UEFA Champions League não adiantou. Não teve show de Neymar, mas teve gol de Coman. O francês marcou de cabeça e deu o título para o Bayern.

Com uma campanha perfeita, de 11 jogos e 11 vitórias, o time alemão foi uma máquina em toda a competição. Foram 43 gols marcados, em goleadas expressivas contra Barcelona (8 a 2) e Tottenham (7 a 2).

Este foi o sexto título do Bayern. O último havia sido conquistado em 2013, contra o Borússia Dortmund, também da Alemanha.