FERNANDO MINEIRO REBATE CRÍTICAS DO MINISTRO FÁBIO FARIA SOBRE SAÍDA DA PETROBRAS DO RN

O secretário estadual de Gestão de Projetos e Relações Institucionais, Fernando Mineiro, utilizou as redes sociais para rebater as críticas do ministro das Comunicações, Fábio Faria, sobre o processo de venda de ativos da Petrobras no Rio Grande do Norte. O representante potiguar no governo Bolsonaro responsabilizou a governadora Fátima Bezerra (PT) pela saída da empresa estatal da exploração petrolífera na Bacia Potiguar.

“Vocês já notaram que quando Fábio Faria aparece na mídia é só para criticar o governo estadual? Ele apareceu, de novo, tentando jogar a responsabilidade do desmonte da Petrobras no Rio Grande do Norte nas costas do nosso governo. Você acredita? Pois foi assim. Em vez de ele defender os interesses do nosso Estado, ele apareceu fazendo ataques às ações do governo estadual”, disse Fernando Mineiro, em vídeo publicado nas redes sociais.

Esta semana, o ministro das Comunicação disse que a decisão da estatal é técnica e não sofreu interferência do governo federal. “Neste governo liberal, a Petrobras é uma empresa totalmente independente, não está à mercê de interesses de terceiros, não virou puxadinho e nem foi loteada entre grupos políticos”, afirmou. Para ele, a culpada pela saída da Petrobras é a própria administração de Fátima Bezerra. “Na gestão da atual governadora, grandes empresas já deixaram ou ameaçam abandonar o Estado devido à sua incapacidade administrativa, como a Inframerica, que desistiu do Aeroporto de São Gonçalo”, citou.

Agora RN

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.