INSS INICIA PROVA DE VIDA POR BIOMETRIA FACIAL A PARTIR DESTA QUINTA.

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) está prestes a iniciar um projeto-piloto de prova de vida por biometria facial em parceria com a Secretaria de Governo Digital (SGD), do Ministério da Economia, e a Dataprev. A partir desta quinta-feira (20), cerca de 500 mil beneficiários em todo o país vão poder realizar os testes.

Os contatos para o procedimento serão feitos pelo próprio INSS por meio de mensagens SMS pelo 280-41 ou por e-mail. Aqueles que forem contatados pelo instituto precisarão baixar dois aplicativos: o "Meu INSS" e o "Meu gov.br". Usando a câmera do celular, será feito o reconhecimento fácil comparando com a base de dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e do Tribunal Superior Eleitoral.

Atualmente, o serviço de prova de vida está suspenso por conta da pandemia de coronavírus, e é obrigatório para todos os segurados do INSS que recebem o benefício por conta corrente, conta poupança ou cartão magnético. A comprovação deve ser feita todos os anos para evitar pagamentos indevidos do benefício.

Mudanças

Antes da suspensão feita em março, prevista para acabar em setembro, a comprovação era feita presencialmente na instituição bancária em que o favorecido recebe o benefício. Era necessário apenas a apresentação de um documento com foto e, em algumas instituições, já era possível fazer a biometria nos caixas de autoatendimento.

O INSS assegura que, após os resultados do projeto-piloto e eventuais aprimoramentos, a prova de vida por biometria vai ser válida para todos os segurados. Aqueles que não possuem um smartphone com câmera frontal e acesso a internet, porém, poderão continuar realizando o procedimento de forma presencial nas agências bancárias assim que a suspensão for revogada. Quanto a possíveis críticas pelo uso de dois aplicativos, o instituto afirma que esta foi a solução mais rápida encontrada. Como ambos os apps já existem, bastou integrá-los para a realização do serviço.

Além disso, é importante ressaltar que aqueles que não forem convocados para participarem do piloto não serão prejudicados. Ainda por conta da pandemia, a suspensão do benefício pela falta da comprovação da vida não está sendo feita. 

Em caso de dúvidas, basta ligar para o número 135, o telefone oficial do INSS. O instituto também disponibilizou um passo a passo para auxiliar os beneficiários.

Via: INSS

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.